O CANTO

SINOPSE

Performance de carácter experimental onde se cria através de uma manipulação sonora de objectos e diferentes matérias diferentes, sonoridades plásticas uma história.

Partindo de um exercício sobre a obra de Kafka ( Josefina a cantora ou o povo dos ratos) os espectadores poderão “ouvir” momentos sonoplásticos a partir das deslocações do som construindo uma quadrifonia  sonora. A fusão entre estes dois universos será em tempo real tanto a nível da manipulação dos objectos como a nível sonoro, pois o que nos interessa é a procura da alma sonora do objecto.

Programe-nos já

Falar com a Produção

Clique aqui

Concepção/manipulação de objectos: Amândio Anastácio

Objectos/mesa: Amândio Anastácio, Tiago Fróis e João Bastos

Sonoplastia/manipulação de som: João Bastos

Produção: Alma d’Arame

Parceria: Oficinas do Convento

DURAÇÃO

25 minutos

 

CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA

M/3 anos

 

EQUIPA PARA ITINERÂNCIA

– 1 Marionetista

– 1 Músico

 

ESPAÇO
Palco ou sala ampla, que permita a instalação do cenário com as seguintes dimensões:
Largura: 3m; Altura: 3m; Profundidade: 3m.

 

NÚMERO MÁXIMO DE ESPECTADORES
50

 

TEMPO DE MONTAGEM

6h

 

TEMPO DE DESMONTAGEM

30 min

 

CORRENTE ELÉCTRICA

220 V

Alimentação para 2 pessoas e alojamento se necessário

Quando deslocado acresce uma compensação de distancia a Montemor-o-Novo calculada a 0,45€/km

X